Inspirar
para cuidar

Sobre Nós

A Associação Caatinga foi criada em Fortaleza – Ceará, em outubro de 1998, com o apoio do Fundo para Conservação da Caatinga, estabelecido por Samuel Johnson para a proteção da carnaúba. É uma entidade não governamental, sem fins lucrativos, reconhecida como Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) e cadastrada no Cadastro Nacional de Entidades Ambientalistas (CNEA).

Pautada no objetivo de promover a conservação e a valorização do bioma Caatinga, o único bioma exclusivamente brasileiro. Garantir todas as formas possíveis de vida nesse domínio é uma de nossas missões e empregamos esse objetivo em variadas ações de projetos. Apoio à criação de RPPNs, restauração florestal e recuperação de nascentes, disseminação de tecnologias sustentáveis para o povo sertanejo para uma melhor convivência com o sertão e o melhor uso dos recursos naturais. Desenvolvemos também ações de educação ambiental em escolas, capacitando educadores e a sociedade em geral, buscando sempre valorizar a Caatinga e promovendo ações de comunicação para tornar a Caatinga mais conhecida pelas suas riquezas do que sua escassez.

Tudo começou muito antes de 1998. No ano de 1935 aconteceu uma expedição com o nome “O espírito da Carnaúba” empreendida por Herbert Johnson. Um empreendedor estadunidense que estava em busca de uma nova cera de qualidade. E foi na cera de Carnaúba que ele prospectou essa nova matéria-prima. Então, 63 anos depois dessa primeira expedição, o filho de Herbert Johnson, Samuel Johnson decidiu fazer a mesma jornada que o pai fez até chegar em Fortaleza.

Samuel dedicou essa expedição a duas causas, primeiro ao pai, pelo espírito empreendedor e aventureiro e a carnaúba em forma de gratidão por tudo o que ela representava nos empreendimentos da empresa SC JOHNSON. Nessa mesma ocasião ele cria o Fundo de Conservação da Caatinga e a partir desse fundo a Associação Caatinga inicia sua jornada. Com esse recurso foi criado o primeiro projeto, o de implantação da Reserva Natural Serra das Almas (RNSA), que está localizada na divisa dos municípios de Crateús (CE) e Buriti dos Montes (PI) bem no centro do coração da Caatinga.

Reserva Natural Serra das Almas

A Reserva é um verdadeiro santuário ecológico que possui mais de 6.000 mil hectares de Caatinga preservada onde, ao longo desses anos, se tornou referência de conservação e integração de projetos sociais com comunidades do entorno. Além disso, é uma referência para pesquisas científicas na Caatinga e um recurso para a educação ambiental muito importante. A unidade foi reconhecida em 2005 pela UNESCO como Posto Avançado da Reserva da Biosfera da Caatinga, se tornando a primeira Unidade de Conservação a receber esse título.

A partir do projeto Serra das Almas a AC construiu um modelo integrado para conservação da Caatinga unindo as prioridades de conservação com as prioridades de desenvolvimento local das comunidades. A RNSA virou referência na percepção do que é uma Caatinga preservada. A AC enxerga na criação de Unidades de Conservação uma grande oportunidade para promover o desenvolvimento harmônico entre o homem e o sertão. No decorrer desses anos foram várias experiências exitosas, lições e indicativos do rumo para onde devemos caminhar para uma conservação eficaz da Caatinga no futuro.

Essa foi a primeira grande conquista da Associação Caatinga. A partir disso,com novos parceiros, novos projetos a AC desenvolve uma série de atuações.


"A Reserva Natural Serra das Almas foi reconhecida em 2005 pela Unesco como Posto Avançado da Reserva da Biosfera da Caatinga, tornando-se a primeira unidade de conservação de Caatinga a receber esse título"

Reserva Natural Serra das Almas

A Reserva é um verdadeiro santuário ecológico que possui mais de 6.000 mil hectares de Caatinga preservada onde, ao longo desses anos, se tornou referência de conservação e integração de projetos sociais com comunidades do entorno. Além disso, é uma referência para pesquisas científicas na Caatinga e um recurso para a educação ambiental muito importante. A unidade foi reconhecida em 2005 pela UNESCO como Posto Avançado da Reserva da Biosfera da Caatinga, se tornando a primeira Unidade de Conservação a receber esse título.

A partir do projeto Serra das Almas a AC construiu um modelo integrado para conservação da Caatinga unindo as prioridades de conservação com as prioridades de desenvolvimento local das comunidades. A RNSA virou referência na percepção do que é uma Caatinga preservada. A AC enxerga na criação de Unidades de Conservação uma grande oportunidade para promover o desenvolvimento harmônico entre o homem e o sertão. No decorrer desses anos foram várias experiências exitosas, lições e indicativos do rumo para onde devemos caminhar para uma conservação eficaz da Caatinga no futuro.

Essa foi a primeira grande conquista da Associação Caatinga. A partir disso,com novos parceiros, novos projetos a AC desenvolve uma série de atuações.


"A Reserva Natural Serra das Almas foi reconhecida em 2005 pela Unesco como Posto Avançado da Reserva da Biosfera da Caatinga, tornando-se a primeira unidade de conservação de Caatinga a receber esse título"

Premiações

Equipe

Núcleo Fortaleza

Daniel Fernandes
Coordenador Geral

Ioneide Mendonça
Assistente Adm. Financeiro

Kelly Cristina
Coordenadora de Comunicação

Laura Rodríguez
Relações Internacionais

Luana Ribeiro
Designer Gráfico

Lucas Moura
Agente de Educação Ambiental

Marília Alves
Agente de Educação Ambiental

Otávio Sousa
Estagiário de Jornalismo

Roniesley Dias
Gerente Adm. Financeiro

Ruthy Oliveira
Estagiária de Jornalismo

Samuel Portela
Coordenador Técnico

Sandino Moreira
Coord. de Educação Ambiental

Núcleo Crateús

Andreza Melo
Técnica em Ed. Ambiental

Carlito Lima
Agente de Mobilização

Darbilene Magalhães
Secretária Administrativo

Emanoel Gleyson
Guarda-Parque

Francisco Ronaldo
Guarda-Parque

Gilson Miranda
Coordenador de Conservação

Marcos Roberto
Guarda-Parque

Nayara Matos
Serviços Gerais/Cozinheira

Olavo Vieira
Analista Ambiental

Paulo Filho
Guarda-Parque

Paulo Henrique
Técnico em Tecnologias Sociais

Pedro Maciano
Analista Adm. Financeiro

Conselho Deliberativo

Trajetória