Abertas as inscrições para a Semana da Carnaúba
A Semana da Carnaúba: Diálogos para uma Cadeia Sustentável está com inscrições abertas. O evento é gratuito e ocorre de 23 a 27 de agosto, a partir das 14h. Durante os cinco dias, a programação estará repleta de debates sobre novas perspectivas sustentáveis para a atividade extrativista mais importante no Ceará, Piauí e Rio Grande do Norte.

Para se inscrever na Semana da Carnaúba: Diálogos para uma Cadeia Sustentável, basta acessar aqui. O evento será transmitido por meio do Youtube da Associação Caatinga, acesse o link e ative o lembrete para não esquecer. 

Para ter acesso ao material de divulgação da Semana da Carnaúba, acesse o link aqui.

Confira a programação:
23.08 – A cadeia da carnaúba pelo olhar do trabalhador.
14:00 - Abertura (GIZ, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e Associação Caatinga)
14:20 - Seminário “Boas práticas no extrativismo da carnaúba - Trabalhadores” (Associação Caatinga)
15:00 - Mesa redonda “Desafios, avanços e perspectivas da Carnaúba para os trabalhadores” (FETRAECE, FETARCE, FETAGPI, FETARN, FETRAERN, Ministério Público do Trabalho)
16:30 - Encerramento

24.08 – Panorama de desafios e oportunidades para os produtores da carnaúba.
14:00 - Abertura
14:10 - Seminário “Boas práticas no extrativismo da carnaúba - Produtores” (Associação Caatinga)
15:00 - Mesa redonda “Desafios, avanços e perspectivas para os produtores da Carnaúba (FAEC, FAEPI, FAERN)
16:30 - Encerramento

25.08 – Atuação da indústria pela qualificação do setor carnaubeiro.
14:00 - Abertura
14:10 - Mesa Redonda “Iniciativas coletivas da indústria para a qualificação do setor carnaubeiro” (Sindcarnaúba, Initiative for Responsible Carnauba - IRC)
15:00 - Mesa Redonda “Experiências individuais da indústria para a qualificação do setor carnaubeiro” (Agrocera, Brasil Ceras, Foncepi, Pontes)
16:30 - Encerramento

26.08 – O Poder Público e o desenvolvimento da cadeia produtiva da carnaúba.
14:00 - Abertura
14:10 - Seminário “Aposentadoria Rural e os trabalhadores da Carnaúba” (INSS)
15:00 - Mesa Redonda “A atuação do setor público na qualificação da cadeia da carnaúba” (MAPA, SEDET, CONAB, SFB, CSCarnaúba - PI e SEMA)
16:30 - Encerramento

27.08 – Cooperação Internacional, 3° Setor e academia pela sustentabilidade na cadeia produtiva da carnaúba.
14:00 - Abertura
14:10 - Seminário “Pesquisa Científica no manejo e conservação da Carnaúba” (Universidade Federal de Viçosa)
15:00 - Mesa Redonda “3º Setor, Cooperação Internacional e seus projetos pela cadeia da Carnaúba” (GIZ/PBAB, UEBT, OIT, Inpacto e o MPT-PI)
16:10 - Cerimonial de Encerramento.

Quem promove a Semana da Carnaúba?
A Semana da Carnaúba: Diálogos para uma Cadeia Sustentável  faz parte do Projeto Ação do Setor Privado para a Biodiversidade (Private Business Action for Biodiversity - PBAB, na sigla em inglês). No Brasil, o projeto faz parte da Iniciativa Internacional para o Clima (IKI, sigla em alemão), que conta com o apoio do Ministério Federal do Meio Ambiente, Proteção da Natureza e Segurança Nuclear da Alemanha (BMU, sigla em alemão) e é implementado no âmbito da parceria entre o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), a Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) GmbH, agência alemã de cooperação internacional, a Associação Caatinga e a União pelo Biocomércio Ético (UEBT).

Boas Práticas na Cadeia Produtiva da Carnaúba
Com o objetivo de contribuir para a qualificação da cadeia produtiva da carnaúba em seus múltiplos aspectos e de tornar os processos de exploração da espécie mais sustentáveis, foram produzidos materiais que servirão como um guia orientando boas práticas a serem replicadas nesta cadeia produtiva.

Para tanto, foi produzido o Manual de Boas Práticas na Cadeia Produtiva da Carnaúba, versão em português e inglês, além de uma série com doze vídeos que instrumentalizam o conteúdo abordando temas como saúde e segurança do trabalho, relações formais de trabalho, sustentabilidade e preservação. O propósito é levar as melhores iniciativas e práticas para todos os atores da cadeia produtiva da carnaúba, desde o trabalhador extrativista, passando pelos beneficiadores da palha do pó até o processamento industrial.

Os materiais foram produzidos a partir da colaboração entre a Associação Caatinga e o Projeto Ação do Setor Privado para a Biodiversidade, parceria entre o Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA) e a Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit GIZ GmbH (Agência de Cooperação Internacional Alemã), financiado pelo Ministério do Meio Ambiente da Alemanha (BMU), por meio da Iniciativa Internacional do Clima (IKI).

Confira o manual e os vídeos abaixo.