M. Dias Branco adota 800 hectares da Serra das Almas
m-dias-branco-serra-das-almas-destaque-foto-tania-escobar

M. Dias Branco adota 800 hectares da Reserva Natural Serra das Almas

A M. Dias Branco, companhia de alimentos que fabrica, comercializa e distribui biscoitos, massas, bolos e gorduras vegetais em todo o Brasil, adotou 800 hectares da Reserva Natural Serra das Almas, localizada entre os municípios de Crateús (CE) e Buriti dos Montes (PI), por meio da “Adote a Reserva”, uma campanha da Associação Caatinga, entidade não governamental sem fins lucrativos, que atua há 22 anos na conservação das terras, florestas e águas da Caatinga.

Com os 800 hectares adquiridos, a companhia pretende compensar 2.960 mil toneladas de emissão de gases de CO2.  Em 2019, a empresa havia adotado 50 hectares, como projeto piloto, para contribuir para ações de proteção e conservação da biodiversidade do local.

A Reserva Natural Serra das Almas possui, no total, 6.300 hectares de área protegida, que resguardam três nascentes, espécies ameaçadas de extinção e que contribuem para a manutenção de serviços ambientais e ecossistêmicos, como mitigação dos efeitos do aquecimento global e segurança hídrica para mais de 40 comunidades próximas.

Para Thays Garcia, coordenadora de Sustentabilidade da M. Dias Branco, a adoção da Reserva Natural Serra das Almas é um importante passo na proteção da biodiversidade. “A Caatinga é um bioma que corresponde a cerca de 70% da região Nordeste, onde temos 60% de nossas unidades fabris”, conta.

Daniel Fernandes Costa, Coordenador Geral da Associação Caatinga, afirma que ações de conservação do bioma são estimuladas em conjunto com o desenvolvimento sustentável no semiárido, gerando oportunidades e condições de adaptação de comunidades aos efeitos das mudanças climáticas. “A parceria com M. Dias Branco é estratégica, demonstrando na prática o seu compromisso socioambiental e contribuindo com o fortalecimento de um modelo integrado de conservação da Caatinga”.